“Historietas” promovem a contação de histórias e possibilita a criação colaborativa de enredos com jogos e desenhos, por meio de leitura de livros, animações e narrativas criativas e audiovisuais realizadas por artistas das áreas de artes visuais, cênicas, circo e dança, educadores, contadores de histórias, músicos e performers.

O Historietas promove a contação de histórias e a criação colaborativa de enredos por meio de jogos, desenhos, leitura de livros, animações e narrativas audiovisuais. Tudo isso é realizado por artistas das áreas de artes visuais, cênicas, circo e dança, educadores, contadores de histórias, músicos e performers.

o gigante e a cadeirinha

c/ kiara terra

A escritora e narradora Kiara Terra conta uma história que escreveu com a filha Thereza sobre um gigante que amava muito sua pequena cadeirinha! O que será que pode acontecer se um dia ele descer dali e ganhar o mundo? Uma história curiosíssima em um vídeo narração cheio de surpresas feito como a vontade verdadeira de trazer todo mundo pra perto.

Kiara Terra cursou Arte Dramática no Célia Helena Teatro Escola e Comunicação na PUC. Em 1998 iniciou a pesquisa do método de narrativas colaborativas a partir da escuta das perguntas do seu público. Fundou A História Aberta – Narrativas interativas com coautoria do público. Publicou livros de literatura infantil e artigos sobre a arte da escuta e suas possibilidades.


fábulas fabulosas

c/ leo ladeira e gustavo gaivota

Nesta Historieta, Leo Ladeira e Gustavo Gaivota contam duas Fábulas Fabulosas!

A primeira delas, “O Bicho Folharal”, conta a história de uma onça pintada linda contrariada por um macaco, que comenta que ela tem pernas curtas. Ofendidíssima, ela resolve se vingar vigiando a única fonte de água da floresta. Será que o macaco conseguirá matar sua sede?

Já “O Lobo Guará e o Urubu” traz uma narrativa sobre a fome e o quanto se tem de esperteza e de vaidade nesse momento de necessidade.

Leo Ladeira é artista com atuação nas áreas de teatro de rua, de bonecos, circo e artes gráficas. É “iluscritor” para crianças, é brincante! Tanto fôlego não é para menos: em suas performances estabelece uma comunicação imediata, em geral cheia de graça ou poesia.

Gustavo Gaivota aposta nas histórias como caminho de transformação e encontro. No curso de Psicologia, estudou a utilização das histórias na organização do pensamento e o papel das relações na estruturação subjetiva.


família mobília

c/ tatiana blass (editora SESI-SP)

Nesta edição, a artista visual Tatiana Blass apresenta o livro “A Família Mobília” (SESI-SP Editora), escrito e lançado por ela em 2014.

A ideia para o livro surgiu enquanto a autora estava em uma residência artística em Londres, onde fez desenhos para o projeto de uma performance em que atores vestiam roupas-mobílias. Os tecidos de sofás, poltronas e tapetes se prolongavam do objeto ao corpo, tornando-se vestimentas. Nesse período, descobriu canetinhas de colorir e se encantou pelo material.

Foi a partir da experimentação da nova técnica – e com a imagem daquela performance – que a artista começou a rascunhar a história do livro. O resultado são ilustrações excessivamente coloridas, que saltam aos olhos. Cada integrante da família tem uma estampa característica, assim como pisos, paredes carpetes e azulejos.

Tatiana Blass é artista visual, nascida em São Paulo-SP, e vive em Belo Horizonte desde 2015. Trabalha com diversas linguagens, como pintura, instalação e vídeo. Começou a desenvolver seu trabalho em 1998, quando passou a participar regularmente de exposições coletivas e individuais no Brasil e no exterior. Além disso, escreve e faz ilustrações para livros infantis. É representada pelas galerias Millan, em SP, e Celma Albuquerque, em BH.


terra vida

c/ lia chaia

Nesta edição, a artista Lia Chaia apresenta “Terra Vida”, uma abordagem poética de vários aspectos relacionados ao planeta Terra partindo de temas como a mitologia de Gaia, Pachamama até alcançar um pequeno jardim familiar. Esta peça audiovisual, foi criada usando fotos, vídeos e áudios de arquivos da artista, assim como foram produzidas novas imagens para esse fim.

Lia Chaia é uma artista visual que explora como a natureza vem sendo apropriada pelos padrões da cultura urbana. Lia é conhecida por vasculhar as reações do corpo aos estímulos e rupturas do cotidiano, explorando com fotografia, vídeo, performance, instalação e intervenções urbanas.


o aprendiz natural
segundo  muriçoca

c/ giramundo

Nesta edição, a Dra. Muriçoca, do grupo Giramundo, conta sobre uma expedição científica que realizou, ao lado de seu assistente e um guia, em busca de um ambiente natural intacto. Quando os três comemoram o achado, eles descobrem que o lugar está sob ameaça do Homem Mau, um personagem que explora inescrupulosamente os recursos naturais.

Como observadores, a equipe toma conhecimento da fauna da floresta e de seus problemas. Sensibilizada, a trupe participa de um plano, que conta com a presença do Saci, para acabar com os planos do Homem Mau.

Giramundo foi criado em 1970, em Belo Horizonte, pelos artistas plásticos Álvaro Apocalypse, Tereza Veloso e Madu. O grupo montou 36 espetáculos, construindo um acervo de aproximadamente 1.500 bonecos.


espia das montanhas

c/ ana carolina neves (editora FTD)

Nesta edição, Ana Carolina Neves, autora de livros para crianças e jovens, apresenta um pedacinho do livro “Espinha das Montanhas” (FTD Educação).

Na história, os irmãos Zinho e Chica vivem na serra do Espinhaço, em Minas Gerais, um lugar quase esquecido, onde apenas a mudança das estações lembra a passagem do tempo.

Neste paraíso, sua família vive apanhando flores sempre-vivas e lida com os desafios do cotidiano, agravados pela perda de visão do Zinho.

Ele passa a enxergar com outros sentidos – reconhece as aves pelo som e os recados da natureza pelo cheiro, gosto, texturas e temperatura. Os irmãos partem em busca de um curandeiro. Nessa jornada, surpresas, encontros e descobertas se alternam, mostrando que a natureza não faz milagres, mas revelações, e que a amizade é o maior tesouro.

Ana Carolina Neves nasceu em Belo Horizonte, em 1980. Estudou Ciências Biológicas na UFMG e logo se mudou para Campo Grande, onde fez mestrado em ecologia e conservação da natureza na UFMS. Retornando à UFMG, fez doutorado na mesma área científica e dois estágios pós-doutorais. Se divide entre a pesquisa, docência, divulgação científica e a família. É mãe do Ivan, da Chiara e da Raissa.

Estreou na literatura em 2011, com a novela infanto-juvenil “Pantanáutilus”, pela FTD. Em seguida, lançou “Espia das Montanhas”, pela mesma editora. Nesse meio tempo, publicou diversos textos científico-literários na revista “Ciência Hoje”, no blog No Ruderal… Lá no Pantanal e em jornais. Na literatura adulta, participou das antologias de contos “Prazeres Imperfeitos” e “Sós”.

Fonte: http://www.ccbbeducativo.com/historietas

2 de julho de 2020
“Historietas” promovem a contação de histórias e possibilita a criação colaborativa de enredos com jogos e desenhos, por meio de leitura de livros, animações e narrativas criativas e audiovisuais realizadas por artistas das áreas de artes visuais, cênicas, circo e dança, educadores, contadores de histórias, músicos e performers.