Nova edição da RBEP aborda planejamento e tecnologia educacionais, estágio de docência e acessibilidade

Levantar o debate sobre tecnologias educacionais digitais. Esse é um dos artigos em destaque da última edição da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP). A edição n.º 256 elaborada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) traz aos leitores 11 estudos e um relato de experiência sobre estágio de docência na formação do pós-graduando.

A publicação aborda também os estudos sobre a prática pedagógica direcionada às crianças na década de 1920, na Polônia; o ensino de língua portuguesa na educação bilíngue de surdos na Baixada Fluminense; a importância da classe hospitalar para paciente com câncer; um estudo experimental do desempenho matemático no 1º ano do ensino fundamental; e a educação moral do século 20 no Brasil.

No âmbito da gestão da educação, a revista traz o debate sobre o planejamento educacional pela visão dos gestores. Além disso, aborda as técnicas de produção e tratamento de dados utilizadas em teses e dissertações brasileiras que tratam de tecnologias educacionais digitais.

RBEP – Criada em 1944, a RBEP é um periódico quadrimestral, publicado em formato impresso e eletrônico. A revista publica artigos inéditos, resultantes de pesquisas que apresentam consistência, rigor e originalidade na abordagem do tema e contribuem para a construção do conhecimento na área de educação. A revista também publica relatos de experiência e resenhas. Seu público-leitor é formado por professores, pesquisadores, alunos de graduação e pós-graduação, técnicos e gestores da área educacional.

Fonte: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/id/6795981

3 de fevereiro de 2020
Nova edição da RBEP aborda planejamento e tecnologia educacionais, estágio de docência e acessibilidade